Meu Perfil


Nome: Amaryllis C. Pereira
Idade: 23 anos
Aniversário em: 18/09
Moro em: Campos, RJ
Adoro: meu namorado, tudo que é verde, animais (principalmente cães), flores, música eletrônica, fazer amigos, dançar, poesia...
Detesto: jiló, pagode, forró, gente fofoqueira e fútil, acordar cedo...
Meus amicães: Azeitoninha (in memorian), Lilica, Nina, Lana, Pucky, Tuquinho, Sherife e Shatran.



Links

:: "Jardim dos Amiguinhos"
:: "Vira-lata é 10"
:: Greenpeace
:: Projeto "Click Árvore"
:: "Vida Selvagem"
:: MEU FOTOBLOG!!
:: Blog do meu mozinho!
:: Blog Ame a Natureza-1
:: Blog Ame a Natureza-2
:: Blog do Beagle
:: Blog Águas da Vida
:: Blog Muito Fofo
:: Blog Desambientado
:: Blog Mundo Animal
:: Blog Versos e Prosa
:: Blog Amar-ela
:: Blog da Beth Boop
:: Blog da Magui
:: Tudo é poesia! (minha homepage)
:: Blog da Ruth Iara



Vídeos imperdíveis!

::Free me
::A verdade sobre os pit bulls
::Animais de circo


Votação

Dê uma nota para meu blog

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..



Arquivo do Blog

12/11/2006 a 18/11/2006 01/10/2006 a 07/10/2006 10/09/2006 a 16/09/2006 27/08/2006 a 02/09/2006 20/08/2006 a 26/08/2006 25/06/2006 a 01/07/2006 18/06/2006 a 24/06/2006 11/06/2006 a 17/06/2006 04/06/2006 a 10/06/2006 28/05/2006 a 03/06/2006 07/05/2006 a 13/05/2006 30/04/2006 a 06/05/2006 23/04/2006 a 29/04/2006 26/03/2006 a 01/04/2006 19/03/2006 a 25/03/2006 12/03/2006 a 18/03/2006 05/03/2006 a 11/03/2006 19/02/2006 a 25/02/2006 12/02/2006 a 18/02/2006 05/02/2006 a 11/02/2006 29/01/2006 a 04/02/2006 22/01/2006 a 28/01/2006 15/01/2006 a 21/01/2006 25/12/2005 a 31/12/2005 04/12/2005 a 10/12/2005 27/11/2005 a 03/12/2005 20/11/2005 a 26/11/2005






Visitas

Créditos

 

 

 
 
Roedor "ressuscita" espécie considerada extinta
  

Roedor pertence a uma espécie extinta há 11 milhões de anos

"Um tipo de roedor chamado Laonastes, parecido com um esquilo e descoberto em 2005 no Laos, é, na verdade, sobrevivente de uma espécie tida como extinta há 11 milhões de anos (denominada Diatomyidae), de acordo com estudo publicado nesta quinta-feira nos Estados Unidos.

Uma equipe de pesquisadores americanos, franceses e chineses comparou o esqueleto deste animal com o de vários espécimes fossilizados de uma raça de roedor do Sudeste Asiático extinta há 11 milhões de anos, confirmando que se trata da mesma família de mamíferos. Os trabalhos aparecem na revista Science datada de 10 de março.

A descoberta deste animal na última primavera foi primeira página dos jornais do mundo todo. Na época, os biólogos o apresentaram como sendo de uma nova espécie de roedor, batizado de "rato dos rochedos laosianos".

Esta espécie "ressuscitada" se parece com um pequeno esquilo, mas não é um rato, explicou a paleontóloga Mary Dawson, do Museu Carnegie de História Natural de Pittsburgh (Pensilvânia, leste).

A semelhança é "absolutamente chocante", insistiu ela.

O ressurgimento 11 milhões de anos depois de um tipo de animal que se acreditava extinto é ainda mais fascinante do que descobrir uma nova espécie, observou o biólogo George Schaller, do grupo de conservação da fauna selvagem (Wildlife Conservation Society/WCS) que revelou em 2005 a existência deste animal então desconhecido."

Comentário: simplesmente fantástico isso ter acontecido! Um acontecimento espetacular para a ciência: um animal considerado extinto há 11 milhões de anos ser reencontrado vivo! Ele parece um esquilo com cara de rato. Esquisitão, né? Tem ar de pré-histórico mesmo.

Fonte: http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI912379-EI319,00.html 

:: Postado por Amaryllis às 00h21
::
:: Enviar esta mensagem

 

Amaryllis, eis a própria...

 Minha flor preferia. E não podia ser outra, claro! Vou publicar em outros dias algumas variedades belíssimas dessa exuberante flor. Espero que gostem.

:: Postado por Amaryllis às 00h53
::
:: Enviar esta mensagem

 

As mulheres são verdes

Conversando com um velho homem, um jovem desabafou:

- Há tanto tempo venho querendo conhecer uma garota e hoje,
conseguindo falar-lhe por telefone, fiquei decepcionado.

- Mas por quê? - indagou o velho homem.

- Eu lhe perguntei timidamente como ela era
e ela - rindo! - respondeu: sou verde.

- E por que a resposta o chocou?

- Ora, amigo, ela estava debochando de mim!

Ouvindo isso, o velho homem pôs-se a falar:

- Meu jovem, você não entendeu que ela
estava se comparando a uma árvore

- Árvore? Como assim?!?

- Menino, as mulheres são como as árvores:

- Elas fincam raízes no solo dos nossos corações;

- Têm paciência e capricho com o próprio crescimento;

- Seus braços são poderosos e, ao abraçá-las,
nossos espíritos recebem renovadas energias;

- Elas amam e cuidam dos seus frutos, mesmo sabendo que
um dia o mundo os levará para longe delas.

- Outras - aquelas que não dão frutos - oferecem sua sombra
àqueles que necessitam de descanso;

- Quando açoitadas por fortes ventos da vida,
elas emanam o perfume da força e da fé,
acalmando-nos, por mais assustadora que seja a noite;

- Sua seiva são as lágrimas de dor ou de alegria
quando em presença do machado ofensor
ou do regador daqueles que as amam;

- Seus corações vão alto o suficiente para escutarem
mais de perto os recados do céu;

- Elas reverdecem as florestas dos homens, as ruas das cidades,
as avenidas, os acostamentos de estradas e as beiras de rios;

- Elas entendem o canto dos passarinhos e, mais do
que ninguém, elas valorizam e protegem seus ninhos;

- Suportam melhor a solidão e as vicissitudes
que a Vida às vezes nos impõe;

- No mundo, elas nascem em maior número para que
o verde da esperança jamais empalideça.

- Meu menino, todas as mulheres são árvores,
todas as mulheres são verdes."

Ao final desse relato, refletiu o rapaz:

- Eu tenho um triste jardim no peito:
nele está faltando uma árvore...

...e correu para o telefone mais próximo...

Autora: Silvia Schmidt

Parabéns a todas as mulheres pelo seu dia! Assim como as árvores, somos a essência desse mundo.


:: Postado por Amaryllis às 15h17
::
:: Enviar esta mensagem

Após um longo período sumida da net, com muita sombra e água fresca nesse verãozão que Deus nos deu, aqui estou eu. Desculpem-me pela ausência, mas garanto que não foi proposital. Já estava sentindo a maior falta disso aqui! Mas agora não sumirei mais desse jeito, podem deixar!

Quanto ao carnaval, até que foi bem moderado (pelo menos o meu!). Será que vocês ficaram que nem nosso amigo aí de baixo? Brincadeirinha, rsrsrsrsrsrs

:: Postado por Amaryllis às 23h18
::
:: Enviar esta mensagem